Get Adobe Flash player

Reunião de Jovens

Reunião de Jovens

Escola Bíblica para Jovens e Obreiros 23/02/2013

Slide1Slide2 Slide3 Slide4 Slide5 Slide6 Slide7

 

 

 

 

 

 

Sugestões de Mensagem

Sugestões de Mensagem – Mulher Samaritana

  • Verso 4: “Era-lhe necessário passar por Samaria “  – O povo samaritano era rejeitado pelos Judeus, pois não faziam parte do censo, nem eram alistados no exército. Jesus veio para buscar e salvar o que se havia perdido.

 

 

  • Verso 6: “…Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isso quase à hora sexta.” – Jesus veio ao mundo no momento da maior sede e esta é a hora em que mais precisamos dessedentar a sede dos nossos corações. (hora sexta = 12:00 = calor = hora das lutas), mas Jesus está presente.

 

  • Verso 7: “E veio uma mulher de Samaria tirar água;…”  – Muitas pessoas tem comparecido às igrejas, sedentas de uma palavra de conforto e de salvação; O Senhor Jesus está assentado junto à fonte e ele tem águas vivas para dessedentar a sede da igreja. Ele é a fonte das águas vivas.

 

  •   Verso 9: “…sendo tu Judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana ?…”  – A princípio colocamos empecilhos para não ouvir a voz de Jesus. Empecilhos da razão: “sou desta religião a muito tempo“, “todas as igrejas são iguais“, “já tenho minha religião“…

 

  • Verso 10 – “…Se tu conheceras o dom de Deus…”  – Sem revelação a Obra de Deus não pode ser compreendida, pois não é algo que se apreende nas enciclopédias ou cursos teológicos. Jesus é o dom gratuito de Deus. Aquela fonte era uma dádiva de Deus provida pelo pai Jacó, mas Jesus era uma dádiva de Deus provida por Ele próprio.

 

 

  • Verso 11: “…Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo;…”  – A água daquela fonte era tirada com um cântaro, mas a água da vida não era um vaso qualquer mas o vaso escolhido por Deus. O poço mais fundo era aquele em que o pecado lançou o homem, que foi a morte, mas Jesus foi o vaso nas mãos do Pai enviado para descer até à profundidade desse poço.

 

  • Verso 12: “És tu maior do que o nosso Pai Jacó…”  – Jesus era maior do que todos, pois Ele foi antes de Jacó e José, conforme João 8:58: “(…) antes que Abraão existisse, eu sou.”

Jesus, onipotente, era maior do que o Pai Jacó, porque quem bebe da água que Ele dá, nunca mais tem sede. (Vs. 14)“

 

  •  Versos 15-17: “…Senhor, dá-me dessa água…chama o teu marido…não tenho marido…”  – Se almejamos este projeto salvador, o governo de nossas vidas deve ser de Jesus. Marido, segundo o ensino bíblico, é figura de governo de uma casa, e quando encontramos Jesus temos ciência de que sem ele nossa vida não tem direção.

  • Verso 28:  “Deixou pois a mulher o seu cântaro, e foi à cidade…”  – Deixando o coração religioso ( pesado ) e recebendo a leveza da salvação pela graça. A cidade fala do campo da nossa evangelização (familiares, local de trabalho, escolas, etc).

 

  • Verso 29: “Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito…” – Pregamos a palavra de Deus para estabelecer o “vinde”, mas todos precisam ter uma experiência individual com Jesus: “vede“, pois Ele já nos conhecia mesmo antes do primeiro encontro com o Salvador. “Vinde” é o convite para a salvação, “vede” é a busca da experiência pessoal com Jesus.

 

Escola Bíblica para Jovens e Obreiros 09/02/2013

Slide1

 

Slide2

 

Slide3

 

Slide4

 

Material de Apoio para Estudo Bíblico de Jovens e Obreiros 19/01/2013

 

PARA O PROFESSOR (A) DE JOVEM

 

ATIVIDADE PARA JOVENS E OBREIROS – 19-20/jan/13

            – ASSUNTO: OS ATRIBUTOS DE DEUS

            – TEXTO FUNDAMENTAL: VELHO TESTAMENTO

 

ATIVIDADE:

IDENTIFICAR E COMENTAR, NAS PROFECIAS DO VELHO TESTAMENTO, A FIGURA DO SENHOR JESUS COMO: ONIPOTENTE, ONIPRESENTE E ONISCIENTE.

 

SIGNIFICADO DE:

Onipotente: aquele que possui todo o poder;

Onipresente: aquele que está presente ao mesmo tempo em todo lugar;

Onisciente: aquele que conhece todas as coisas.

Atributo: qualidade, característica, predicado, propriedade (aquilo que é próprio de Deus)

 

INTRODUÇÃO

Desde a criação do mundo a Biblia sempre apresentou Deus manifestando Seus atributos como Deus Onipotente, Onipresente e Onisciente. Podemos ver em vários textos do Velho Testamento esses três atributos de Deus manifestados de forma visível, material e física. Todos esses atributos estão ligados aos demais atributos de Deus de forma invisível que são bondade, fidelidade, justiça, amor, longanimidade, etc.

Todas as profecias do Velho Testamento relacionadas ao Senhor Jesus mostram de alguma maneira os atributos de Deus em Jesus, seja a onipotência, a onipresença ou a onisciência. É claro que nos dias do ministério terreno do Senhor Jesus não se pode afirmar sobre sua onipresença física na condição de uma pessoa humana. Porém a sua presença no mundo em carne era a prova de que o verbo de Deus marcava a presença de Deus na Terra em todos os Seus atributos divinos.

 

I – ATIVIDADE:

IDENTIFICAR E COMENTAR, NAS PROFECIAS DO VELHO TESTAMENTO, A FIGURA DO SENHOR JESUS COMO: ONIPOTENTE, ONIPRESENTE E ONISCIENTE.

 

1 – PROFECIA DO VELHO TESTAMENTO

ü  Salmo 24:7-10 – “Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O SENHOR forte e poderoso, o SENHOR poderoso na guerra. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória. Quem é este Rei da Glória? O SENHOR dos Exércitos; ele é o Rei da Glória”.

 

IDENTIFICAÇÃO DA FIGURA DE JESUS COMO ONIPOTENTE

ü  Senhor dos Exércitos – Rei da Glória – Senhor forte e poderoso – Senhor poderoso na guerra = Atributo da onipotência do Senhor Jesus.

 

COMENTÁRIO

A grande maravilha do atributo da onipotência no Senhor Jesus foi o momento em que ele entrou nos portais eternos da presença do Pai através da sua morte na cruz, pois assim Ele nos abriu o caminho para podermos agora entrar também com ousadia nos mesmos portais pelo poder do sangue de Jesus (Hebreus 10:19 – “Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus”). Ele é forte e poderoso porque somente Ele venceu a morte.

 

2 – PROFECIA DO VELHO TESTAMENTO

ü  Daniel 3:24 -25 – “Então, o rei Nabucodonosor se espantou e se levantou depressa; falou e disse aos seus capitães: Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo? Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei. Respondeu e disse: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto é semelhante ao filho dos deuses”.

 

IDENTIFICAÇÃO DA FIGURA DE JESUS COMO ONIPRESENTE

ü  Semelhante ao filho dos deuses, ou Filho de Deus = é o atributo da onipresença do Senhor Jesus.

 

COMENTÁRIO

A descrição da presença do quarto homem na fornalha de fogo ardente é feita pelo rei Nabucodonozor que, por ser um rei ímpio, seu conhecimento sobre divindade o levou a fazer tal descrição. Mas nós sabemos que ali estava a presença de um SER enviado da parte de Deus para livrar os companheiros de Daniel. Naquele SER estava a figura profética do Senhor Jesus no Velho Testamento como aquele que está presente para garantir o livramento aos seus servos. O aspecto da onipresença de Deus é muito importante porque a salvação está relacionada com Deus presente na vida do homem. Por isso o Senhor Jesus foi chamado de Emanuel, que significa Deus conosco.

É nos momentos das provas, das lutas, da fornalha, quando aparentemente o servo está desamparado, que a presença do Senhor se faz ainda mais notória.

 

3 – PROFECIA DO VELHO TESTAMENTO

Isaías 11:2 – “E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, e o Espírito de sabedoria e de inteligência, e o Espírito de conselho e de fortaleza, e o Espírito de conhecimento e de temor do SENHOR”.

 

IDENTIFICAÇÃO DA FIGURA DE JESUS COMO ONISCIENTE

ü  Sabedoria – Inteligência (ou discernimento) – Conselho e Conhecimento (ou revelação) = é o atributo da onisciência do Senhor Jesus.

 

COMENTÁRIO

Esta profecia de Isaias se refere ao Senhor Jesus como aquele que estaria com a igreja todos os dias para tomar conhecimento de tudo o que se passa na vida da igreja e fortalece-la na sua caminhada. Cada expressão do profeta fala sobre uma forma de o Senhor Jesus conhecer o que se passa na igreja dando a ela os recursos para uma caminhada firmada no Senhor. Através do Seu Espirito Santo, a igreja tem a sabedoria do Espírito, tem discernimento espiritual por ser batizada com o Espirito Santo. Tem também o Conselho das profecias que se cumprem e o conhecimento ou a revelação do Espirito Santo através dos dons espirituais.

 

 

 

SUGESTÕES DE MENSAGENS

  1. TEMA: OS ATRIBUTOS DO SENHOR JESUS NA IGREJA. – Cantares 6:2 – “O meu amado desceu ao seu jardim, aos canteiros de bálsamo, para apascentar nos jardins e para colher os lírios.” – Edição Revista e Atualizada.

 

O MEU AMADO DESCEU AO SEU JARDIM = ONIPRESENÇA = Todos os dias o nosso amado desce, ou seja, vem ao seu jardim que é sua Igreja. Ele cuida de cada planta, dando-lhe vida e segurança.

 

PARA PASTOREAR NO JARDIM = ONISCIÊNCIA = Apascentar, ou pastorear, é o cuidado do Senhor Jesus com a sua igreja como um pastor cuida de suas ovelhas. Ele como o bom pastor conhece as suas ovelhas, como disse em João 10:14. Ele conhece as mais diversas plantas que há neste jardim, com seus mais diversos problemas. Somente ele com seu conhecimento as mantém vivas, dosando a quantidade de água e sol a que cada um pode ficar exposta. Por nos conhecer, Jesus é o único que pode dar-nos vida.

 

COLHER OS LÍRIOS = ONIPOTÊNCIA DE DEUS = Esta expressão é uma clara profecia quanto ao arrebatamento da Igreja. Um Bom Jardineiro sabe que para se colher um lírio para enfeitar sua casa, é necessário que o mesmo esteja pronto. O Espírito Santo está preparando os lírios do Jardim para a breve colheita do amado, para que assim o seu povo possa enfeitar a Jerusalém Celestial para sempre. Maranata! O maior poder de Deus é salvar o homem e um dia arrancá-lo deste mundo, levando-o para a casa do Pai.

 

  1. 2.      TEMA: OS ATRIBUTOS DE JESUS NA PROFECIA DA CRUCIFICAÇÃO –  GENESIS 22:11-12 – “Mas o anjo do SENHOR lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único.” – Edição Revista e Corrigida.

 

MAS O ANJO LHE BRADOU DESDE OS CÉUS = ONIPRESENÇA = Nesta expressão, o Senhor revela sua onipresença, pois Abraão não estava sozinho naquele monte, mas em todos os momentos o Senhor estava com ele. Deus não chega atrasado, se assim fosse Abraão teria imolado seu filho, mas no momento certo, o Senhor se manifestou, dando livramento a Isaque.

 

ABRAÃO, ABRAÃO = ONISCIÊNCIA DE DEUS = Deus não somente conhecia Abraão pelo nome, mas também sabia como estava seu coração naquele momento. Aquela voz trouxe a Abraão o conforto e a esperança de que a operação de Deus daria livramento a seu filho. A ciência (conhecimento) de Deus se manifesta para dar ao homem conforto e esperança.

 

NÃO ESTENDAS A MÃO E NEM LHES FAÇA NADA = ONIPOTÊNCIA DE DEUS = Só o Senhor é o único que pode dar o livramento da morte ao homem, por isso o brado veio dos céus. Deus com seu poder providenciou o projeto em que Isaque foi livrado da morte e o cordeiro foi morto em seu lugar. O poder de Deus tem se manifestado no meio da Igreja onde alcançamos vida, mediante a morte do filho de Deus. O brado de morte dado na cruz pelo Senhor Jesus, foi o que nos trouxe o grande livramento da morte eterna.

 

  1. 3.      TEMA: O JUÍZO DO HOMEM E O LIVRAMENTO DE DEUS

Daniel 3:24 -25 – “Então, o rei Nabucodonosor se espantou e se levantou depressa; falou e disse aos seus capitães: Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo? Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei. Respondeu e disse: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto é semelhante ao filho dos deuses”.

 

– NÃO LANÇAMOS NÓS…?: – O juízo deste mundo é para condenação.

– TRÊS HOMENS ATADOS: a prisão do pecado. As amarras do pecado: correntes, aguilhões, prisões, etc.

– DENTRO DO FOGO: o fogo da fornalha está relacionado às aflições deste mundo.

– QUATRO HOMENS SOLTOS: a presença do Senhor liberta o homem.

– ANDAM PASSEANDO DENTRO DO FOGO: o fogo agora era o fogo da presença de Deus que retira toda a aflição.

– O ASPECTO DO QUARTO HOMEM: Figura profética que mostra que o Senhor Jesus viria ao mundo como homem, para livrar o homem dos seus pecados.

– O FILHO DOS DEUSES: o que para o rei era uma divindade que ele não conhecia, para os servos ali era a presença do Senhor enviado ali para livrá-los da morte.

Nos momentos das provas, das lutas e da fornalha da aflição, quando aparentemente o servo está desamparado, é que a presença do Senhor se faz ainda mais notória.

 

 

Escola Bíblica de Jovens e Obreiros 12/01/2013

ESTUDO BÍBLICO PARA JOVENS E OBREIROS 12-01-13 – VERSÃO PARA IMPRESSÃO

Material de Apoio Reunião de Jovens e Obreiros 15/12/2012

ATIVIDADE PARA JOVENS E OBREIROS – 15/dez/12

            – ASSUNTO: DOUTRINA VIVIDA PELA IGREJA

            – TEXTO FUNDAMENTAL: NOVO TESTAMENTO

 

TEMA: A DOUTRINA COMO HERANÇA

 

AFIRMAÇÃO:

O TEXTO DE JOÃO 7:15-17, CONFIRMA QUE A DOUTRINA NÃO ESTÁ LIGADA A HOMENS OU A CONHECIMENTOS HUMANOS.

 

ATIVIDADE:

IDENTIFICAR E COMENTAR 3 (TRÊS) EXPERIÊNCIAS VIVIDAS PELA IGREJA

QUE EVIDENCIARAM QUE A DOUTRINA É DE DEUS

==============================================

“E os judeus maravilhavam-se, dizendo: Como sabe este letras, não as tendo aprendido? Jesus respondeu e disse-lhes: A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou. Se alguém quiser fazer a vontade dele, pela mesma doutrina, conhecerá se ela é de Deus ou se eu falo de mim mesmo.”. João 7:15-17

 

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução de João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)

 

INTRODUÇÃO

O capitulo 7 de João fala sobre a ida de Jesus a Jerusalém para participar da ultima festa do ano, que era a Festa dos Tabernáculos. Era uma das festas mais concorridas, por se tratar da última e ter um período de duração de 8 dias, sendo o oitavo dia o “grande dia da festa”. (verso 37)

O verso 15 demonstra que as pessoas ficavam maravilhadas de ver Jesus falando de uma forma tão bem explicada sobre o reino de Deus, pois ele estava ensinando no templo. A admiração das pessoas era porque comparavam sua forma de ensinar com o fato de não ter aprendido letras, ou seja, frequentado alguma escola especial de formação cultural.

Na sua resposta no verso 16, o Senhor Jesus deixa claro que a doutrina que ele estava ensinando não depende de conhecimento cultural humano, mas trata-se de um ensino que ele estava transmitindo da parte do Pai, ou seja, “aquele que O havia enviado”. Acrescentou no verso 17 que a única forma de se constatar se a doutrina provém do Pai ou daquele que a anuncia, é através do critério de fazer a vontade do Pai.

Em resumo: a autenticidade de anunciar uma doutrina proveniente do Pai está no fato de que o anunciador precisa fazer a vontade do Pai. Em outras palavras para conhecer se alguém está anunciando a verdadeira Palavra de Deus é só constatar se ele está vivendo aquilo que prega. O que leva o ouvinte da Palavra a ter certeza de que a mensagem é verdadeira é o testemunho de viver a mensagem que prega e não a cultura ou eloquência do pregador. Em Mateus 7:28-29 as pessoas chegam a fazer diferença entre a autoridade que não existia na doutrina dos fariseus e a autoridade existente na doutrina do Senhor Jesus.

 

 

I – ATIVIDADE:

IDENTIFICAR E COMENTAR 3 (TRÊS) EXPERIÊNCIAS VIVIDAS PELA IGREJA

QUE EVIDENCIARAM QUE A DOUTRINA É DE DEUS

 

1ª. EXPERIENCIA – a Palavra anunciada com ousadia

Atos 4:13 – “Então, eles, vendo a ousadia de Pedro e João e informados de que eram homens sem letras e indoutos, se maravilharam; e tinham conhecimento de que eles haviam estado com Jesus.

 

COMENTÁRIO

A mensagem de Pedro e João aqui no texto trata-se da mesma experiência com relação ao Senhor Jesus, pois ela não teve qualquer manifestação de cultura, mas refletia a convivência que tinham com Jesus. Não eram eloquentes pregadores, mas tinham experiência com Jesus.

 

2ª. EXPERIENCIA – a escolha de Matias para substituir Judas

Atos 1:21-22 – “É necessário, pois, que, dos varões que conviveram conosco todo o tempo em que o Senhor Jesus entrou e saiu dentre nós, começando desde o batismo de João até ao dia em que dentre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição.

 

COMENTÁRIO

O critério de escolha de um apóstolo: a convivência com o Senhor Jesus desde o inicio do Seu ministério no batismo de João, até à sua assunção ao céu. José Barsabás e Matias preenchiam esse critério. A convivência diária e constante com o Senhor Jesus é que confere autoridade àquele que anuncia a Sua doutrina.

 

3ª. EXPERIENCIA – os dons espirituais

I Coríntios 12:3 e 6 – “Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema! E ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos”.

 

COMENTÁRIO

A doutrina dos dons espirituais não era uma herança de homens, mas homens falando da parte do Espirito Santo. A igreja testemunhou das operações do Espirito Santo no meio dela através do uso nos dons espirituais. A igreja foi usada em todos os dons espirituais. Quem opera a diversidade dos dons é Deus, ou seja, a benção dos dons provém de Deus. Não foi uma invenção dos apóstolos, mas sim um ato da misericórdia do Senhor para edificar a igreja.

Material de Apoio – Escola Bíblica de Jovens e Obreiros 08/12/2012

Sugestões de mensagens:

(para serem trabalhadas pelos professores de jovens a fim de preparar jovens e obreiros para pregarem)

 

1ª. Mensagem: A HERANÇA DA CASA DO PAI

 

João 14:3  E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também.

 

– “E quando eu for” – Jesus fala da sua morte, pois foi através da morte que ele nos deu acesso ao Pai, através do verdadeiro véu, pelo qual ele entrou no santuário.

 

– “e vos preparar lugar” – fala do preparo da igreja para receber a herança de um lugar na casa do Pai,

 

– “virei outra vez” – fala da volta do Senhor Jesus, quando vier para arrebatar a sua igreja.

 

– “e vos levarei para mim mesmo” – fala da posse da herança quando do arrebatamento da igreja. Ele nos colocará à sua direita e dirá: “vinde benditos de meu Pai e possuí por herança…”

 

2ª. Mensagem: UMA HERANÇA INCORRUPTÍVEL

 

Atos 3:6 – E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.

 

Valor da herança:

Prata: simboliza redenção (salvação)

Ouro: simboliza o poder do Espirito Santo

Pedro disse: não tenho prata nem ouro: a herança não provém de homens.

 

Em nome de Jesus Cristo: aquele que tem a prata (único salvador) e o ouro (batiza com o Espirito Santo)

 

Levantar e andar: a igreja que caminha de posse da herança da doutrina recebida pelos apóstolos, mas proveniente do Senhor Jesus.

 

A herança que Pedro transmitiu ali foi recebida do Senhor Jesus, porque ele já tinha visto Jesus operar diversas curas e agora pôde transmitir essa mesma herança.

 

3ª. Menagem: A HERANÇA TERRENA E A HERANÇA ETERNA

 

Mat 6:19  ¶ Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam.

Mat 6:20  Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam.

Mat 6:21  Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.  T

 

TESOUROS NA TERRA – herança terrena: doutrina  que visa apenas um evangelho terreno voltado para os interesses da vida presente.

 

A TRAÇA E A FERRUGEM CONSOMEM:

A TRAÇA: aquilo que consome livros velhos: está ligada a herança cultural. Evangelho de cultura bíblica. A letra mata.

A FERRUGEM: aquilo que corrói o ferro: está ligada a herança material. Evangelho da prosperidade material. Isso corrompe facilmente.

 

O PROJETO PARA ESTA VIDA NADA TEM A VER COM A HERANÇA.

TESOUROS NO CÉU – herança eterna: doutrina que visa preparar o homem para a vida eterna.

 

A TRAÇA E A FERRUGEM NÃO CONSOMEM.

A traça da letra não consome, porque a doutrina revelada pelo Espirito Santo vai além da letra.

A ferrugem do interesse material não consome, porque a doutrina revelada pelo Espirito Santo atende aos anseios da alma.

 

“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”.

A obra do Espirito Santo é uma herança que recebemos do Senhor Jesus como um tesouro do céu, por isso O NOSSO CORAÇÃO ESTÁ NELA, pois a amamos mais do que a nossa própria vida.

 

4ª. Mensagem: O EVANGELHO TRANSMITIDO COMO HERANÇA DE JESUS

Gálatas 1:11-12 – “Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens, porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo”.

 

EVANGELHO RECEBIDO E APRENDIDO DE ALGUM HOMEM:

– herança histórica, cultural, tradicional, eclesiástica, denominacional.

 

EVANGELHO RECEBIDO E APRENDIDO PELA REVELAÇÃO DE JESUS CRISTO:

– herança profética, palavra revelada, forma de vida revelada pelo Espirito Santo.

 

POR MIM ANUNCIADO:

– no culto profético

– nos dons espirituais

– na evangelização

Material de Apoio para Jovens e Obreiros 10/11/2012

TRABALHO A SER DESENVOLVIDO PELO PROFESSOR / ORIENTADOR DE JOVENS

 

I – SUGESTÃO DE CONTRIBUIÇÕES A SEREM DADAS POR JOVENS NA EBD:

1.        No texto de Romanos 8:14, Paulo afirma que a condição de ter acesso à presença do PAI, está ligada ao governo do Espírito Santo na vida da igreja. A igreja guiada pelo Espírito Santo pode chamar Deus de “Pai nosso”, que é privilégio dos que são filhos de Deus.

Dizer-se ser filho de Deus, não é privilegio do simples crente, por ser membro de igreja, mas é privilégio do servo do Senhor disposto a fazer a Sua vontade, deixando sua vida ser guiada, dirigida pelo Espírito Santo.

Sem o governo do Espírito Santo na vida do crente o acesso dele ao Pai é semelhante ao de qualquer pessoa do mundo que diz simplesmente: “eu também sou filho de Deus”.

 

 

2.        O direito (ou poder) de sermos chamados de filho de Deus nos é dado a partir do momento em que recebemos o Senhor Jesus como nosso salvador (João 1:12), mas isso está relacionado ao ato da salvação. Agora, o processo de santificação envolve a disposição do servo em “ser guiado pelo Espirito de Deus”.

O Sacrifício do Senhor Jesus nos dá acesso a Deus, o sangue que foi derramado na cruz foi derramado sobre nós para que estejamos em plena comunhão com o Senhor e sendo guiados pelo Espírito Santo, nos dando assim alegria de estarmos nesta Obra maravilhosa, que tantas experiências nos tem dado diariamente. Para que possamos ter vida na Obra e alcançar a eternidade, assim fomos eleitos e chamados e ao aceitarmos este projeto estamos no processo de salvação, guiados pelo Espírito Santo em constante comunhão com Senhor, que além de Senhor é o nosso Pai.

 

 

3.        As expressões “todos os que” e “esses” estão relacionadas aos filhos a quem foi dado o direito de chamar Deus de “aba”, que significa: meu pai, conforme Rom. 8:15-16.  E esses filhos receberam este direito por adoção. A adoção foi feita pelo selo do sangue de Jesus.

“Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai! O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”;

 

A expressão “esses” se refere aos filhos que receberam a adoção e quando clamam “aba” estão clamando pelo Sangue de Jesus, que é figura do Espírito Santo.

É o uso desse direito que fazemos ao clamar pelo sangue de Jesus, que nos faz submissos à vontade do Pai, que nos torna obedientes ao Pai, e que nos dá intimidade e comunhão com o Pai.

O Senhor Jesus compartilhou conosco esse direito de chamar o Seu Pai e “Pai nosso”, todavia nós nos apropriamos desse direito na condição de “sermos guiados pelo Espírito Santo” e isso fazemos quando clamamos pelo Sangue de Jesus.

=============================================

 

 

I – Sugestão de mensagens para serem pregadas por jovens:

MENSAGEM PARA O CULTO DE SÁBADO À NOITE.

I – A OBRA FEITA NA DIREÇÃO DO SENHOR – Atos 8:39-40

“Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco, que jubiloso seguia o seu caminho. Mas Filipe achou-se em Azoto e, indo passando, evangelizava todas as cidades, até que chegou a Cesaréia”.

 

– Recurso da Graça usada por Filipe: a Palavra Revelada – verso 35. (Então Filipe tomou a palavra e, começando por esta escritura, anunciou-lhe a Jesus.)

 

– A condição de Filipe como filho de Deus: guiado pelo Espírito de Deus. Verso 29.

(Disse o Espírito a Filipe: Chega-te e ajunta-te a esse carro.)

 

– Arrebatado pelo Espírito de Deus: desapego às coisas terrenas.

 

– O júbilo do eunuco: alegria do Espírito Santo

 

– Continuou o seu caminho: passou agora a ser guiado também pelo Espírito de Deus.

 

– Achar-se em Azoto: continuou realizando a Obra na direção do Espírito de Deus.

 

 

MENSAGEM DE ÂNIMO E ENCORAJAMENTO PARA UMA VISITA A UM JOVEM OU UMA PESSOA QUE ESTEJA DESANIMADO NA FÉ.

II – A DIREÇÃO DO ESPIRITO SANTO NA VIDA DA IGREJA – Efésios 3:14-18 –

“Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome, para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade”.

 

Ponho de Joelhos: oração, recurso da graça.

 

Toda família: a igreja, como a família do Senhor Jesus. Os filhos de Deus;

 

– Corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior: a confirmação da manifestação do poder do Espírito para os que são guiados pelo Espírito de Deus. O Espírito Santo confirma a benção do poder de Deus na vida interior da igreja, na medida em que ela busca o governo e a direção do Espírito de Deus.

 

Compreender largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade: todas as dimensões do projeto de Deus em nossas vidas são compreendidas através da direção do Espírito Santo.

 

MENSAGEM PARA O CULTO DE EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL.

III – O projeto do homem e o projeto de Deus– Atos 16:10

“E quando ele teve esta visão, procurávamos logo partir para a Macedônia, concluindo que Deus nos havia chamado para lhes anunciarmos o evangelho”.

 

– A visão – dom de ciência: recurso da graça

 

– “concluímos eu Deus nos havia chamado…” dom de Discernimento de Espíritos.

 

– Ir para a Ásia e para a Bitínia: projeto dirigido pelo homem.

 

– Passa a Macedônia e ajuda-nos: o projeto de Deus para os que são guiados pelo Espírito de Deus.

 

– Partir logo para a Macedônia: pronto atendimento ao chamado, à direção do Espírito de Deus.

 

 

MENSAGEM PARA O CULTO DE SÁBADO À NOITE.

IV – Cultos, vigílias e madrugadas – Atos 2:46-47

“E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos”.

 

– Recurso da graça: o louvor – “louvando a Deus… todos os dias no templo”

 

– Havia alegria e singeleza de coração no partir e no comer do pão: manifestações do Espírito de Deus para orientar e dirigir o culto todos os dias.

(caso de Atos 20:7-12, onde o culto teve oração, louvor, comunhão entre os irmãos, operação de sinais, palavra, vigília e madrugada).

 

– cair na graça de todo o povo: as operações do Espírito de Deus no meio da igreja todos os dias eram agradáveis aos de fora, alcançando-os com a salvação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MENSAGEM PARA O CULTO DE DOMINGO À NOITE.

V – Filho de Deus: um vaso escolhido – Atos 9:15-17

“Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel. E eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome. E Ananias foi, e entrou na casa e, impondo-lhe as mãos, disse: Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, me enviou, para que tornes a ver e sejas cheio do Espírito Santo”.

 

Saulo, em oração e jejum, alcança a graça, e passa a ter sua vida guiada pelo Espírito

 

– Recurso da graça: oração e jejum: oração (verso 11) jejum (verso 9)

 

– Filho de Deus: “um vaso escolhido”.

 

– Levar o meu nome aos gentios…: direção do Espírito de Deus.

 

– Ser cheio do Espírito Santo: ser guiado pelo Espírito de Deus.

 

 

MENSAGEM DE SALVAÇÃO.

VI – A DIREÇÃO QUE VEM DO ALTO – Atos 27:23-24

“Porque esta mesma o anjo do Deus de quem eu sou e a quem sirvo, esteve comigo dizendo: Não temas, Paulo, importa que sejas apresentado a César, e eis que Deus te deu todos os que navegam contigo.”

 

– Recurso da graça: jejum (verso 9) e oração (verso 23 – o envio do anjo é em resposta a oração. Paulo, naquela noite estava, por certo, em oração)

 

– “…terem-me ouvido a mim” (versos 11 e 21) – o servo que anda guiado pelo Espírito de Deus.

 

– A direção do Espírito de Deus: o anjo de Deus esteve comigo, dizendo:

 

– ser apresentado a Cesar: o projeto de Deus para aquele que  é guiado pelo Espírito de Deus.

 

– Todos salvos do naufrágio (verso 24): uma salvação destinada a todos quantos crerem.

 

Material de apoio para Jovens e Obreiros 20/10/2012

TRABALHO A SER DESENVOLVIDO PELO PROFESSOR / ORIENTADOR DE JOVENS

 

I – Sugestão de mensagens para serem pregadas por jovens:

I – A VONTADE DO PAI FEITA NA VIDA DO SERVO – Gênesis 28:20-21  – salvação

“E Jacó fez um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer e vestes para vestir, e eu em paz tornar à casa de meu pai, o SENHOR será o meu Deus”;

  1. “Se Deus for comigo” – o caminho na terra dirigido pelo Espirito Santo, conforme a vontade do Pai.
  2. “Vestes para vestir”: a cobertura do sangue de Jesus para libertação e santificação.
  3. Pão para comer: Jesus é o Pão da Vida. “quem comer deste pão viverá para sempre”.
  4. “Tornar em paz”: Jesus é o Príncipe da Paz. O caminhar com Jesus;
  5. “À casa do Pai”: lugar onde Jesus nos preparou morada.
  6. “o Senhor me será por Deus.” – a vontade do Pai sendo feita a terra, conforme é feita no céu.

 

II – O REINO DE DEUS NA TERRA – João 1:51 – mensagem de edificação espiritual.

“E disse-lhe: Na verdade, na verdade vos digo que daqui em diante vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem”.

O Senhor Jesus falando para Natanael na presença dos outros discípulos:

  1. Na verdade, na verdade, Eu te digo: o Pai, o Filho e o Espirito Santo;
  2. Daqui em diante: o tempo em que o Reino de Deus é estabelecido na Terra;
  3. Vereis o céu aberto: o Espirito Santo como agente de união entre o Pai e nós, levando as nossas orações ao trono da graça e trazendo de lá as bênçãos do Pai; o céu iria abrir a porta através do derramamento do sangue de Jesus na cruz, dando-nos o acesso à presença do Pai, pelo sangue de Jesus, figura do Espirito Santo.
  4. Subindo e descendo: o Espirito Santo intercedendo por nós junto ao Pai e trazendo do trono da graça, as operações em favor das nossas vidas;
  5. Sobre o Filho do Homem: a obra do Espirito Santo é feita em nome de Jesus.

 

III – SALVACAO DO HOMEM: A VONTADE DE DEUS NA TERRA – Atos 9:3 – mensagem evangelística, de salvação, para um culto na praça ou num Ponto de Pregação.

– “E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu”.

  1. O Caminho de Damasco: lugar na Terra onde é feita a vontade do homem, pois Paulo estava sob o comando das cartas do sinédrio para matar os crentes;
  2. Perto de Damasco: momento próximo do encontro com Jesus, pois em Damasco estava já uma projeto de salvação esperando por Paulo, através de servos fiéis como Ananias;
  3. Subitamente: o encontro da vontade do homem com a vontade do Pai se dá subitamente para ele, como por um acaso, mas para o Pai um plano já havia sido traçado;
  4. Um resplendor de Luz do céu: a vontade do Pai vai ser feita agora na terra na vida de um homem que Deus salva através da ação do Espirito Santo que revela Jesus vivo a Paulo através da luz.

 

IV – AÇÃO DO ESPIRITO SANTO NA OBRA CRIADORA E NA OBRA REDENTORA – – mensagem para o culto de domingo à noite.

Gênesis-1:2-3 – “E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas”.

 

1. “a terra era sem forma e vazia, envolta em trevas e cheia de abismos”

Antes da ação salvadora do Espirito Santo, o nosso coração era:

– sem forma: deformado pelo pecado, mas o Espirito Santo restaurou-o, tornando-o formoso, conforme o coração de Deus;

– vazio: o pecado tirou dele os valores celestiais, mas o Espirito Santo encheu-o do amor de Deus;

– envolvido nas trevas do pecado, mas o Espirito Santo substituiu as trevas pela luz de Jesus revelado ao nosso coração;

– cheio de abismos: o pecado criou um abismo de separação entre nós e o Pai, mas o Espirito Santo nos fez transpor esse abismo, aproximando-nos do Pai através da salvacao no Senhor Jesus;

2. “o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas”. A ação do Espirito Santo que não nos deixou cair para sempre na profundidade do abismo da perdição eterna.”

 

V – “SEJA FEITO COMO TU QUERES” – Mateus 26:39 – mensagem de ânimo e encorajamento para uma visita a um jovem ou uma pessoa que esteja desanimado na fé.

-“(…); todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.”- o Senhor Jesus disse isso pelo Espirito, pois como homem não queria beber esse cálice, e isso era a Sua vontade como homem. Mas pelo Espirito Santo se dispôs a fazer a vontade do Pai.

1. Não seja como eu quero: a vontade do Pai na Terra, através da disposição de obedecer.

2. Mas seja como tu queres: a vontade do Pai no céu.

 

VI – A CHEGADA DO REINO – Atos 2:1-3 – mensagem para o culto de sábado à noite.

“Cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; e, de repente, veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles”.

1.         Cumprindo-se o dia: o dia em que se cumpriu a primeira suplica da oração do Pai Nosso: “venha o teu reino”;

2.         Todos reunidos no mesmo lugar: o corpo; Por isso: Pai “nosso”;

3.         Veio do céu até à terra (cenáculo): a vontade do Pai no céu se cumprindo na terra;

4.         Um som: ouvir a voz do Espirito Santo;

5.         Um vento veemente e impetuoso: a ação do Espirito Santo para revelar

Línguas (labaredas) como que de fogo: candeia acesa para preparo da igreja para o arrebatamento.

 

==================================================

II – Sugestão de contribuições a serem dadas por jovens na EBD:

I – A vinda do reino está relacionada à descida do Espirito Santo. Com o derramamento do Espirito Santo no Pentecostes, o reino foi estabelecido na Terra. O Espirito Santo é o agente de união que executa a vontade do Pai no meio da igreja, para que essa vontade do Pai aqui na Terra seja feita conforme ela é feita no céu.

A ação da vontade do Pai na terra é executada pelo Espirito Santo que é o agente dessa ação. Por isso nós, quando clamamos pelo sangue de Jesus estamos invocando essa execução da vontade do Pai na Terra, através do Espirito Santo que é esse agente.

A vontade do Pai é executada através do clamor pelo sangue de Jesus e, assim, o projeto que estava lá na eternidade agora é executado aqui na terra pelo Espirito Santo.

A evidência da execução da vontade do Pai na vida da igreja se dá através das operações do Espirito Santo no meio da igreja. Testemunhamos isso através dos dons espirituais, das revelações no Culto Profético, no cumprimento das revelações do Senhor, na direção e no governo da igreja, na consolação, e em tantas outras operações do Espirito Santo.

 

II – A vontade do Pai no reino de Deus na Terra não está ligada às coisas terrenas desta vida presente, pois as coisas terrenas para a igreja lhe são acrescentadas como resultado da busca em primeiro lugar do Reino de Deus e a sua justiça.

Venha o teu reino é a expressão que está ligada à disposição da igreja em atender às revelações do Espirito Santo executando assim a vontade do Pai aqui na Terra.

 

III – A obra do Espirito Santo é fazer a vontade do Pai no governo que é do Espirito Santo e não do homem, portanto quando clamamos pelo sangue de Jesus estamos fazendo a vontade do Pai aqui na Terra assim como ela é feita no céu. 

Cada vez que clamamos pelo sangue de Jesus estamos reiterando este pedido “Venha o teu reino”. A igreja vive o reino de Deus na terra à medida que ela se dispõe a atender a vontade do Espirito Santo, andando na revelação. 

Agindo assim estamos aceitando e reafirmando a ação e o governo do Espirito Santo na nossa vida. O Reino é do Espirito Santo e quem governa e é sob esse governo que a vontade do Pai é feita na Terra, como é feita no céu.

=============================================

 

Reunião de Jovens e Obreiros 13/10/2012

ATIVIDADE DA SEMANA JOVENS E OBREIROS
ASSUNTO: DOUTRINA VIVIDA PELA IGREJA
TEXTO FUNDAMENTAL: GÁLATAS 4:6
TEMA: CLAMOR PELO SANGUE DE JESUS

 

EM MATEUS 6:9, A EXPRESSÃO “PAI NOSSO QUE ESTÁS NOS CÉUS” EQUIVALE A UMA INVOCAÇÃO (UM CLAMOR).

ASSOCIAR A EXPRESSÃO ACIMA COM A EXPRESSÃO “ABA, PAI” DO TEXTO DE GÁLATAS 4:6. COMENTE.

.

SUGESTÃO MENSAGEM PARA SÁBADO A NOITE
.
“E DISSE: ABA, PAI, TODAS AS COISAS TE SÃO POSSÍVEIS; AFASTA DE MIM ESTE CÁLICE; NÃO SEJA, PORÉM, O QUE EU QUERO, MAS O QUE TU QUERES”.
.
ABA, PAI,: – INTIMIDADE COM DEUS
TODAS AS COISAS TE SÃO POSSÍVEIS: – ONIPOTÊNCIA DO PAI
.
.
SUGESTÃO MENSAGEM PARA VISITA A UM ENFERMO/DESANIMADO NA FÉ
.
“E ELE LHES DISSE: POR QUE É QUE ME PROCURÁVEIS? NÃO SABEIS QUE ME CONVÉM TRATAR DOS NEGÓCIOS DE MEU PAI?” – LUCAS 2:49
.
“…OS NEGÓCIOS DE MEU PAI…” – PROJETO DO PAI
“…NÃO SABEIS…” – ESTA ALHEIO AO PROJETO DO PAI
 .
.
SUGESTÃO MENSAGEM PARA PONTO DE PREGAÇÃO/CULTO EM PRAÇAS
.
“…E DISSE DEUS: QUE FIZESTE? A VOZ DO SANGUE DO TEU IRMÃO CLAMA A MIM DESDE A TERRA…” GÊNESIS 4:10
.
“…SANGUE DO TEU IRMÃO…” – CLAMOR PELO SANGUE DE JESUS
“…QUE FIZESTE…” – CONDIÇÃO DO HOMEM
.
.
SUGESTÃO MENSAGEM PARA DOMINGO A NOITE
.
“PORQUE NÃO RECEBESTES O ESPÍRITO DE ESCRAVIDÃO, PARA OUTRA VEZ ESTARDES EM TEMOR, MAS RECEBESTES O ESPÍRITO DE ADOÇÃO DE FILHOS, PELO QUAL CLAMAMOS: ABA, PAI.” – ROMANOS 8:15
.
“…RECEBESTES O ESPÍRITO DE ADOÇÃO DE FILHOS…”
JESUS SELOU NOSSA ADOÇÃO NA CRUZ DO CALVÁRIO.
“…PELO QUAL CLAMAMOS: ABA, PAI.”
ATRAVÉS DO SANGUE DE JESUS, O PAI ATENDE NOSSO CLAMOR

Clique e ouça a Rádio Maanaim

Calendário

novembro 2019
S T Q Q S S D
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Usuários Online

Users: 35 Guests, 9 Bots