Get Adobe Flash player

Resumo para os professores de jovens 17/08/2013

PALAVRA AO PROFESSOR DE JOVENS

 

ESTUDOS BIBLICOS PARA JOVENS E OBREIROS E EBD – 17-18/ago/1 3

– ASSUNTO: A FÉ NA PARÁBOLA DO TRIGO E DO JOIO

– TEXTO FUNDAMENTAL: MATEUS 13:24-30 e 36-43

 

EM MATEUS 13:24-30, O SENHOR JESUS FALA DE DUAS DIFERENTES ESTRUTURAS DE FÉ: UMA NA FIGURA DO TRIGO E OUTRA NA FIGURA DO JOIO.

 

ATIVIDADES:

1.     IDENTIFICAR A OBRA DO HOMEM EM OPOSIÇÃO À OBRA DE DEUS NAS ESTRUTURAS DE FÉ REFERIDAS NA PARÁBOLA.

2.     FAZER A APLICAÇÃO PROFÉTICA

 

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução de João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)

===================================================================

INTRODUÇÃO

O Senhor Jesus, em Mateus 17:20, usa a figura do grão (ou semente) de mostarda para falar sobre a fé. Portanto, a semente (ou grão) fala figuradamente da fé.

Nas sete parábolas do Capitulo 13 de Mateus, o Senhor Jesus fala profeticamente sobre o Reno de Deus que iria ser estabelecido na igreja ao longo da existencia dela. Em cada uma delas o Senhor deixa sempre o ensino acerca de duas estruturas de fé que correm paralelamente opondo-se (ou contrastando-se) uma à outra. De um lado uma representando a Obra de Deus, mas de outro lado outra representando a obra do homem.

As sete parábolas do Reino, de Mateus 13, falam profeticamente sobre a igreja.

A Obra de Deus se firma, representada por ¼ da semeadura da boa semente que caiu em boa terra, e, portanto, dá seus frutos. A estrutura de fé na figura dos frutos da semente que caiu em boa terra, se completa na mesma estrutura de fé da parábola anterior, sendo agora na figura do trigo. As estruturas de fé que se opõem à Obra de Deus na parábola do semeador são facilamente identificáveis, pois possuem diferenças perceptíveis, porém na parábola do trigo e do joio essa diferente é mais difícil de ser percebida.

A Obra de oposição a Deus, baseada na estrutura de fé na figura dos três tipos de terra que se opõem à semeadura, se esfria, envaidece e cai, deixando o “primeiro amor” na condição de terras que não produziram os frutos.

O trigo representando a Obra de Deus é a figura da estrutura de fé que, na condição de boa terra, recebe a semente e produz os seus frutos. A igreja fiel recebe de bom grado a sã doutrina, porque a capacita para poder vive-la de tal forma a fazer a diferença entre o joio e o trigo, mesmo diante das lutas que para isto tem que enfrentar.

 

DUAS ESTRUTURAS DE FÉ: UMA NA FIGURA DO TRIGO E OUTRA NA FIGURA DO JOIO.

 

1.     ESTRUTURA DE FÉ NA FIGURA DO TRIGO = OBRA DE DEUS

Mateus 13:24

“Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo;”

Mateus 13:37 – “E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente é o Filho do Homem”,

A boa semente: O campo escolhido pelo Senhor para semear ou plantar a Sua boa semente é sempre o coração do homem no mundo o qual Deus “amou de tal maneira”. Isso é a estrutura de fé que caracteriza a Obra de Deus, na figura do trigo.

O trigo foi plantado pelo Senhor, na figura do pai de familia (vs. 27), por certo durante o dia, quando o semeador sai para semear. É o Senhor quem plantou a boa semente e é no celeiro do Senhor que os frutos serão recolhidos. A fé que vai para a eternidade é aquela que veio da eternidade.

 

2.     ESTRUTURA DE FÉ NA FIGURA DO JOIO = OBRA DE OPOSIÇÃO A DEUS

Mateus 13:25

“Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se”.

Mateus 13:38

“o campo é o mundo, a boa semente são os filhos do Reino, e o joio são os filhos do Maligno”.

A mistura do joio no meio do trigo é uma Obra do inimigo: A expressão “dormindo os homens” denota que a ação de oposição no plantio do joio foi na escuridão da noite. A escuridão da noite é sempre o campo e ação daquele que se opõe à obra de Deus. Isso caracteriza a estrutura de fé do homem que se opõe a Deus, pois denota cegueira espiritual. Uma visão obscura da Obra de Deus. Um plantio feito por um inimigo do pai de familia no meio do trigo, ou seja, a intenção do inimigo é misturar com o trigo algo parecido com ele, mas somente para confundir, semeando o joio da dúvida.

Imagine! Uma estruturura de fé inimiga de Deus, plantando no meio da lavoura de Deus uma semente de algo parecido com o fruto plantado por Deus! Que sutileza!

A obra do homem entra em oposição à Obra de Deus no comodismo, hoje o homem está dormindo, e o adversário trabalha durante a noite no sono espiritual do homem.

 

Mateus 13:26

“E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio”.

Mateus 13:38

“O inimigo que o semeou é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos”.

 

O trigo cresce e frutifica, aparecendo também o joio: a Obra do inimigo em oposição à Obra de Deus se apresenta quando o trigo cresce e frutifica:

A mentira, o mundo e a carne, na figura da estrugura de fé derivada das 3 terras de oposição da parábla do semeador, se consolidam agora na estrutura de oposição à Obra Deus, na figura do joio.

No primeiro período de crescimento, o joio é muito parecido com o trigo, e mesmo os agricultores mais experientes tem dificuldade para distingui-los. Mas quando a espiga aparece no pé, é bem fácil ver a diferença entre uma planta e outra. Por isso a separação só pode ser feita com facilidade na época da colheita, ou seja, na hora em que se veem os frutos de ambos.

 

Mateus 13:27-28

“E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio? E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois que vamos arrancá-lo?”

 

Sabedoria consiste em identificar no joio a obra do inimigo imitando a verdade com algo parecido com ela, mas é mentira.

Lidar com essa mistura não se faz com as próprias mãos:

Todas as vezes que uma mentira for contada na igreja com o nome de verdade, o Senhor Jesus diz que isso é obra de oposição a Deus. “Um inimigo fez isso”. Assim como o joio tem muitas semelhanças com o trigo, uma heresia, que é o desvio da verdade, para muitos também tem. A salvação pelas obras pode parecer com a salvação pela fé para alguns, mas, na verdade são duas coisas diferentes. Da mesma forma o reino material é diferente do reino espiritual, apesar daqueles que veem semelhanças. Uma coisa é tradição religiosa, outra coisa é a Bíblia como regra de fé e prática do crente. Aparentemente são coisas parecidas, mas existe uma grande diferença.

 

Mateus 13:29

“Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.”

A mão do homem em função da falta de sabedoria não é capaz de fazer essa distinção, pois pode se confundir, cometendo um engano:

Trata-se de uma obra de oposição a Deus na forma de algo parecido com a Obra de Deus, mas não é. Tal é o sentido enganoso, pois joio se parece muito com trigo e, por isso, não se distingue isso com as mãos.

Por exemplo: a salvação pelas obras não pode substituir a salvação pela graça, a justificação pelas obras da lei, não pode substituir a justificação pela fé em Cristo Jesus. É muito parecido, mas é joio e quem planta esse joio faz uma oposição a Deus. A heresia se parece com a verdade, mas não é a verdade, pois é uma distorção da verdade, e se opõe á verdade.

 

Mateus 13:30

“Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro”.

 

Mateus 13:40-43

“40 – Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo. 41- Mandará o Filho do Homem os seus anjos, e eles colherão do seu Reino tudo o que causa escândalo e os que cometem iniqüidade. 42 – E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali, haverá pranto e ranger de dentes. 43 –  Então, os justos resplandecerão como o sol, no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, que ouça.

 

Quem separa o joio do trigo é a mão do Senhor:

Distinguir ou separar joio do trigo não é tarefa para as mãos dos homens, mas essa separação é feita somente por uma operação do Espirito Santo. O processar da ceifa é feito sob a palavra do Senhor Jesus, através do Espírito Santo: “direi aos ceifeiros”. Até ao seu arrebatamento, a igreja vai conviver com o joio, mas o Espirito Santo vai operndo na vida da igreja a sabedoria necessária para ela saber como fazer a separação daquilo que é destinado ao fogo e aquilo que é destinado ao celeiro do Senhor.

O joio é uma planta muito parecida com o trigo, mas, não serve para a alimentação do homem, podendo até envenená-lo. Produz grãos semelhantes aos do trigo, porém menores, de cor mais escura, e cuja farinha mesclada com a do pão pode produzir doenças.

 

Separar o trigo do joio não é uma tarefa fácil para o homem que não conhece a Obra perfeita de Deus. A mesma planta, a mesma cor, o mesmo crescimento, porém sem frutos, pois semente de joio, embora seja tecnicamente chamada de fruto, ela:

sufoca a planta, tira a seiva, mina o grão, enfraquecendo-o ao tirar seus nutrientes, e diminui a colheita do trigo.

DIFERENÇAS

1.     São plantas parecidas, porém o joio não dá fruto para se comer, enquanto o fruto do trigo nos dá o pão. Mt:7:16 – “Pelos frutos se conhece a árvore”.

2.     Até mesmo quando o vento sopra sobre o trigal, o trigo se inclina ou se encurva para baixo por ser maleável à ação do vento, porém o joio permanece resistente a essa ação.

3.     O joio estando maduro ele continua de pé, já o trigo quando vai madurando ele vai se encurvando dando sinais que está na hora de colhido.

No verso 36, enquanto a multidão foi embora sem nada entender, os discípulos se preocuparam com a explicação da parábola. A igreja fiel de Jesus escolhe estar sempre aos pões dEle, para saber a verdade e conhecer a profecia para estar preparada para  resplandecer como o sol no dia da ceifa.

 

Caracteristica da estrutura de fé na figura do Trigo:

Ter ouvidos para ouvir – verso 9

Conhecer os mistérios do reino dos céus – verso 11

Bem aventurança para os olhos que veem e para os ouvidos que ouvem – verso 16

O entendimento claro de todas estas coisas – verso 51

Assim é a Obra de Deus.


Clique e ouça a Rádio Maanaim

Calendário

setembro 2020
S T Q Q S S D
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Usuários Online

Users: 19 Guests, 9 Bots